amarga-metade:

Esse policial se algemou a uma mulher que queria se suicidar e jogou a chave fora, para certificá-la de que ela não morreria sozinha. Este ato a convenceu a mudar de ideia.

 
Morro de saudade sua, mas não te quero de volta. Já doeu uma vez.

Renata, amarga-metade.

Troco apoio moral por financeiro, tratar aqui.

 
De repente. Puf. Tudo acabou.

Quem é você, Alasca?

 
Pensei em você e fiquei triste. Fui assistir um drama qualquer, para dizer à mim mesma que o motivo do choro era o filme, e não você.

Renata, amarga-metade.